100%

HISTÓRIA DA CÂMARA

ATA DA SESSÃO DE INSTALAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LAGUNA 
03/01/1948

 Aos três  dias do mês de janeiro de mil novecentos e quarenta e oito, às  quinze horas, numa das salas do edifício do “Ginásio Lagunense”, à rua Voluntário Fermiano, nesta cidade de Laguna, sob a Presidência do Exmo. Sr. David Amaral Camargo, Juiz Eleitoral da 23ª Zona, com função legal nesta 20ª Zona, secretariada pelo Sr. Manoel José Machado, um dos vereadores eleitos, convidado pelo Doutor Juiz Presidente, reuniram-se os vereadores deste Município, eleitos a 23 de novembro do ano findo, de 1947, por convocação do mesmo Sr. Dr. Juiz Eleitoral, para os fins determinados no artigo 6 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e artigo 36 da Lei Orgânica dos Municípios. Declarando aberta a sessão, o Doutor Juiz Presidente convidou a tomarem assento junto à mesa, os senhores Pompílio Pereira Bento, representando o Sr. Vice- Presidente da República; Dr. Nunes Varella, líder da maioria na Assembléia Legislativa Estadual; Dr. Armando Calil, deputado a Assembléia Estadual pela maioria; Hermínio Heusi da Silva, representando o Sr. Diretor do Departamento de Educação; Dr. Joaquim Santiago, representando  o Sr. Diretor de Departamento de Saúde; Bráulio Freitas, representando o Sr. Diretor do Tesouro do Estado; reverendíssimo P. Antonio Maramgoni, representando o reverendíssimo Vigário da Paróquia; Tenente Genuíno Leite, representando a Capitania dos Portos; Capitão José Athanázio de Freitas, Delegado Especial de Policia; Carlos Bessa, Presidente da Associação Comercial; Neriglissor Viegas Moura, Administrador da Mesa de Rendas; Nillor Rollin, chefe da agencia local dos Correios e Telégrafos; Celso Fausto, superintendente da Administração do Porto; Capitão Germano Doner, Diretor do Ginásio Lagunense; Foram ainda representados: pelo Dr. David Amaral Camargo, Juiz Eleitoral de Orleans, o desembargador Presidente do Tribunal Regional Eleitoral; e pelo Dr. Paulo Carneiro, o Sr. Prefeito Municipal de Criciúma. Depois da entrega dos diplomas ao Prefeito e aos Vereadores eleitos, foram estes últimos chamados e perante o Sr.dr. Juiz Presidente prestaram solenemente o seguinte compromisso: “Prometo, por minha honra e pela Pátria, defender as instituições da República do Estado e do Município, desempenhando fielmente o mandato que o povo me confiou”. São os seguintes, os vereadores compromissados: Pedro Francisco da Silva, Osmar Florentino Machado, Jose Cardoso Geremias, Mussi Dib Mussi, Euclides Lúcio do Nascimento, Ataliba Brasil, Archimedes de Castro Farias, Laudelino João de Oliveira, eleito pelo Partido Social Democrático e Manoel José Machado, Francisco Cabral Nunes e Carlos Rollin Cabral, eleito pela União Democrática Nacional. Deferido ao mesmo o compromisso, na forma acima, o Doutor Juiz Presidente declarou-os empossados em seus cargos. Anunciou, em seguida, após declarar instalada a Câmara Municipal de Laguna, que ia promover a eleição da Mesa, de acordo com o que preceitua o artigo 6 do Ato das disposições constitucionais transitórias. Feita a eleição, por escrutino secreto, verificou-se o seguinte resultado: para Presidente, o Sr. Osmar Forentino Machado, com sete votos, Sr. Ataliba Brasil com um voto, havendo três votos, em branco; para Vice-Presidente, Sr. Mussi Dib Mussi, com sete votos, Sr. Ataliba Brasil, com um voto, havendo três votos em branco, para o 1º secretario, Sr. Archimedes de Castro Farias, com sete votos, Jose Cardoso Jeremias, com um voto, havendo três votos em branco; e para 2º secretario Sr. Laudelino João de Oliveira, com sete votos, Sr. Pedro Francisco da Silva, com um voto, havendo três votos em brancos. Em face desse resultado o Dr. Juiz proclamou eleito Presidente o vereador Osmar Florentino Machado, Vice- Presidente, o vereador Mussi Dib Mussi; 1º secretario, o vereador Archimedes Farias e 2º secretario o vereador Laudelino João de Oliveira. Após deferir aos eleitos o compromisso de servirem com dedicação e lealdade as funções dos seus cargos, declarou os Doutores Juiz Presidente, empossada a Mesa, e suspendeu a sessão por vinte minutos para a lavratura da presente ata. Reaberta a sessão, o Doutor Juiz Presidente deu por finda a sua missão, passando a Presidência ao vereador Osmar Florentino Machado, Presidente da Câmara recém-eleito e empossado, afim de que fosse aberta a sessão especial da mesma Câmara para o Ato de Posse Solene do Sr. Alberto Crippa, Prefeito eleito. Em tempo: Fizeram-se representar também os Srs. Dr. Ferreira Lima, Secretario da Fazenda e Tolentino Carvalho, Prefeito da Capital, respectivamente pelo Sr. Osmar Dutra, inspetor da Fazenda, e Dr. Ângelo Novi. E para constar eu Manoel José Machado, secretario designado, Lavrei a presente ata, que vai assinada pelo Doutor Juiz Presidente e pelos vereadores empossados.

A Câmara

COMISSÕES
COMISSÕES

AS COMISSÕES DA CÂMARA SÃO PERMANENTES E TEMPORÁRIAS, SUBDIVIDINDO-SE ESTA EM ESPECIAIS E DE REPRESENTAÇÃO



As Comissões são órgãos técnicos compostas de 03 (três) Vereadores com a finalidade de examinar matéria em tramitação na Câmara e emitir parecer sobre a mesma, ou de proceder a estudos sobre assuntos de natureza essencial, ou ainda, de investigar fatos determinados de interesse da Administração...

ESTRUTURA DA CÂMARA
ESTRUTURA DA CÂMARA

A Câmara Municipal de Laguna é dirigida pela Mesa Diretora, que é eleita pelos Vereadores a cada dois anos


A Mesa Diretora para o biênio 2015/2016 ficou assim composta:

Presidente: ROBERTO CARLOS ALVES - PP
Vice-Presidente: ANTÔNIO DA SILVA - PR
1º Secretário: PATRICK MATTOS DE OLIVEIRA - PSB
2º Secretário: THIAGO ALCIDES DUARTE - PMDB

HISTÓRIA DA CÂMARA
HISTÓRIA DA CÂMARA

Aos três dias do mês de janeiro de mil novecentos e quarenta e oito, às quinze horas, numa das salas do edifício do “Ginásio Lagunense”, à rua Voluntário Fermiano, nesta cidade de Laguna, sob a Presidência do Exmo. Sr. David Amaral Camargo, Juiz Eleitoral da 23ª Zona, com função legal nesta 20ª Zona, secretariada pelo Sr. Manoel José Machado, um dos vereadores eleitos, convidado pelo Doutor Juiz Presidente, reuniram-se os vereadores deste Município, eleitos a 23 de novembro do ano findo, de 1947, por convocação do mesmo Sr. Dr. Juiz Eleitoral, para os fins determinados no artigo 6 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e artigo 36 da Lei Orgânica dos Municípios...